Quando eu revi Jesse e Celine em Antes da Meia-Noite foi impossível conter a felicidade de rever dois grandes amigos depois de muito tempo. É o mesmo sentimento que eu tenho quando vejo, ou revejo, Toy Story 3, a maior obra da Pixar até hoje.

O que não é pouco. Criadora de clássicos modernos, a Pixar nos entregou uma das mais sensacionais ficções-científicas com WALL-E, um excelente filme de ação com Os Incríveis, e uma deliciosa dramédia francesa com Ratatouille. Mas é com Toy Story 3 que a Pixar volta aos seus primeiros personagens para contar uma jornada de amadurecimento, coisa que quem cresceu vendo os filmes dela inevitavelmente precisa passar.

O que torna Toy Story 3 uma obra prima é a forma como ele lida com as emoções. É um cinema de primeiro nível, em que tudo reflete os estados dos personagens. Um posicionamento de câmera e toda a beleza da creche Sunnyside muda drasticamente para um campo de concentração — e isso sem que um objeto se mova. É um reflexo tão puro de seus personagens, e do sentimento que eles querem passar, que Toy Story 3 torna-se um dos filmes mais sinceros dos últimos tempos. Ele não esconde o propósito de amadurecer seus personagens para que, finalmente, o espectador possa se despedir de um dos universos mais apaixonantes do cinema. A odisséia dos brinquedos acaba da maneira mais simples possível, mas é só o que a gente poderia pedir para que nossos velhos amigos ficassem bem sem nós.

  • Prós: a genialidade de uma obra emocionante.
  • Contras: nenhum.
  • Veredicto: Toy Story 3 fecha uma trilogia com sua melhor forma. Mesmo que fosse só isso, já seria um grande filme. Mas por conseguir captar a essência da geração que cresceu assistindo os filmes do estúdio, a Pixar mostra um carinho todo especial por seus bebês, seja os digitais ou os reais. Um belo presente, um maravilhoso filme.

Toy Story 3 (2010). Estados Unidos. Dirigido por Lee Unkrich; escrito por Michael Arndt, John Lasseter, Andrew Stanton, Lee Unkrich; editado por Ken Schretzmann, Lee Unkrich; trilha-sonora composta por Randy Newman; com as vozes de Tom Hanks, Tim Allen, Joan Cusack, Ned Beatty, Michael Keaton, John Morris, Don Rickles, Estelle Harris, Wallace Shawn, John Ratzenberger, Laurie Metcalf, Whoopi Goldberg.

Publicado por Arthur

Eu faço sites e vejo filmes.

Se junte à conversa

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.