Electroma é um daqueles filmes que você sabe que é excelente, mas que eu não tenho capacidade de gostar.

Assim como KoyaanisqatsiElectroma é um semi-documentário experimental, que reúne imagens com uma trilha-sonora magnífica (a chave do filme, em ambos os casos). Vemos a dupla de “robôs” de Daft Punk em uma jornada pelo interior dos Estados Unidos, experimentando sons que nos dá a percepção de que estamos vivos.

Eu só sei que é esse o propósito de Electroma depois de chutar verde muitas vezes. O filme, como de praxe no cinema experimental, não possui uma narrativa específica e você precisa pescar aqui e ali o que está sendo dito. E eu preciso ser sincero aqui: eu não consigo entender. Assim como em Film Socialisme, o ensaio argumentativo máximo de Godard (que começou a trabalhar assim na década de 70), Electroma é um lindo filme de argumento com passagens emblemáticas e maravilhosas. Mas que eu, de todo o coração, não consigo me prender.

  • Prós: o lindo interior dos EUA, com a linda trilha-sonora psicodélica do Daft Punk;
  • Contras: eu não consigo captar a essência do filme, assim como na maioria dos filmes experimentais.
  • Veredicto: assim como 2001 ou Film SocialismeElectroma é daqueles filmes cheios de significados e simbolismos. Ele é tão simbólico que eu fico perdido procurando os significados e, no fim, não encontro nem a essência do porquê do filme ter sido feito. Uma pena, eu queria ter gostado mais.

Electroma (2006). Estados Unidos, França. Dirigido por Thomas Bangalter, Guy-Manuel de Homem-Christo; escrito por Thomas Bangalter, Guy-Manuel de Homem-Christo, Cédric Hervet, Paul Hahn; fotografado por Thomas Bangalter; editado por Cédric Hervet; trilha-sonora composta por Daft Punk; com Daft Punk, Peter Hurteau, Michael Reich, Helena Stoddard,Vance Hartwell, Lilo Tauvao, Ken Banks, Howie Adams, Bradley Schneider, Daniel Doble, Ritche Lago Bautista.

Publicado por Arthur

Eu faço sites e vejo filmes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.