D. W. Griffith era um gênio, pelo menos no início do século XX. Posso concluir isso vendo só dois de seus filmes. O Nascimento de Uma Nação e esse True Heart Susie, um pequeno conto de uma jovem apaixonada que dá influência ao seu amado, até perceber que ele não poderia mais ser dela.

É esse o plot do filme. Uma jovem apaixonada que ajuda um jovem, sem ele saber, até que ela percebe que seria malvisto para ele ficar com ela. É isso, e Griffith faz um filme tão bom e magestoso que nem parece estar escrevendo a linguagem do cinema. É a ele que devemos os close-ups e uma penca de planos e movimentos de câmera, edições elaboradas e brincadeiras de iluminação. E em 1919, quando o cinema só gesticulava.

É mágica cara. É cinema puro: movimento e expressão corporal. É além do teatro, é uma forma totalmente diferente. É incrível. Cinema puro, sem invencionismo (na época, porém, era revolução). Não tem como não ser bom.

  • Prós: assistir, em um filme tão divertido e enxuto, a formação da linguagem cinematográfica. É incrível.
  • Contras: não dá pra criticar nada nesse filme.
  • Veredicto: em True Heart Susie vemos o movimento no cinema. Que filme vivo, e inspirador. E simples. É cinema em essência ali. Temos o personagem, e a história, e o movimento. E tudo funciona muito bem. Em cem anos, poucos conseguem fazer o que Griffith fez lá atrás.

True Heart Susie (1919). Estados Unidos. Dirigido por D. W. Griffth; escrito por Marian Fremont; fotografado por G. W. Bitzer; com Lillian Gish, Robert Harron, Clarine Seymour.

Publicado por Arthur

Eu faço sites e vejo filmes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.