Desde o início, em que Zorg e Betty transam aos olhos da Mona Lisa, Betty Blue é apaixonante. Um raro drama em que o amor, e não as dependências dele, é o tema. Zorg, um faz-tudo que não tem muita ambição em sua vida, conhece Betty. Ela vai morar com ele e os dois vivem de sua paixão, literalmente.

Betty Blue é aniquilador em todos os sentidos. De 1986, o filme exibe uma geração perdida na França, é quase dantesco. Zorg vai até o inferno por Betty. Rouba, agride e mata, mas sempre pela seu amor enfurecido pela jovem de lábios carnudos e vigorosa, instável e bela. Como muitos filmes da época, Betty Blue parece ser um filme americano daquela época, com planos abertos que apreciam os cenários e as vidas além daqueles dois; a trilha-sonora de Gabriel Yared é melancólica e distante, mas magnífica; e Dalle faz uma estréia estonteante como Betty, bela e abalada, frágil e inacessível.

Betty Blue é cinema francês essencial. Suas mais de três horas (na versão do diretor) trazem muito sexo, mas também paixão e uma jornada heróica de Zorg pela sua amada. É triste, e muito, mas é daqueles filmes que tiram algo de ti e não devolvem mais — e é preciso revê-lo sempre que quiser sentir aquilo de novo.

  • Prós: cinema francês em seu melhor;
  • Contras: nah;
  • Veredicto: é impossível descrever a força de Betty Blue. Potente e belo, sem pudor e apaixonado, é daquelas obras únicas que o cinema francês entrega de vez em quando. O amour fou puro.

Betty Blue (37°2 Le Matin, 1986). França. Escrito e dirigido por Jean-Jacques Beineix, baseado no livro de Philippe Djian; fotografado por Jean-François Robin; editado por Monique Prim; Marie-Aimée Debril; Pablo Ferro; trilha-sonora composta por Gabriel Yared; com Jean-Hugues Anglade, Béatrice Dalle, Gérard Darmon, Consuelo de Haviland.

Publicado por Arthur

Eu faço sites e vejo filmes.

Se junte à conversa

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.