(500) Dias Com Ela é, para todos os sentidos, um filme de fórmula bem consagrada: o boy-meets-girl, em que um garoto se apaixona por uma garota, eles namoram, entram em conflito e, das duas uma: ou se acertam e vivem felizes para sempre ou brigam e seguem caminhos distintos.

Porém, (500) Dias Com Ela vai contra qualquer estrutura que essa fórmula já tenha gerado. Da visão do boy, Tom, vemos a girl, Summer. Para ele, e para nós, Summer é a mulher dos sonhos: linda, simpática, imprevisível e com um excelente gosto musical, além de ser a Zooey Deschanel. O filme não para de deixarmos amá-la.

Mas é impossível não gostar de (500) Dias. Contado de forma muito criativa, ele deixa uma história que já vimos inúmeras vezes com frescor. Percorremos esses quinhentos dias de Summer pulando do cinco pro duzentos e cinquenta e sete, depois pro quarenta e nove, depois pro cento e quinze… nos deixa acompanhar situações que se relacionam, umas às outras, mas não diretamente.

Tudo no filme está perfeitamente onde deveria, o que ainda mais assusta ao pensar que é um diretor estreante. Os personagens, cada um, são apaixonantes e têm tempo suficiente em tela; os diálogos são no tom certo: nem muito espalhafatosos, nem muito dramáticos; e a trilha-sonora, como a Melissa uma vez disse, “está no lugar certo na hora certa”. Acho que essa é a frase que pode definir todo o filme.

  • Prós: tudo está em seu devido lugar para criar uma história que já vimos milhares de vezes, mas que aqui se renova como raramente podemos ver;
  • Contras: Summer, ah Summer…
  • Veredicto: tudo está no lugar certo, na hora certa. (500) Dias Com Ela refresca a dramédia com uma estrutura particularmente simples, mas que funciona graças ao conjunto da obra. Um excelente filme, que eu não canso de rever.

(500) Dias com Ela ((500) Days of Summer, 2009). Estados Unidos. Dirigido por Marc Webb; escrito por Michael H. Weber; fotografado por Eric Steelberg; editado por Alan Edward Bell; trilha-sonora composta por Mychael Danna, Robb Simonsen; com Joseph Gordon-Levitt; Zooey Deschanel, Matthew Gray Gubler, Geoffrey Alend, Chloë Moretz, Clark Gregg, Patricia Belcher, Nicole Vicius.

Publicado por Arthur

Eu faço sites e vejo filmes.

Se junte à conversa

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.