Como eu gosto dos filmes do Alan Parker. E esse O Expresso da Meia-Noite é o meu favorito ele. O cara sabe criar tensão e emoção como poucos.

O filme envelheceu em torno de controvérsias. Feito em 1978, o filme xinga o mundo, glorifica a América e manipula fatos para dar o efeito desejado. Mas, e daí? O resultado é incrível. O Expresso da Meia-Noite é uma das experiências mais tensas e vívidas que eu já vi em um filme, com uma atuação potente para o estreante Brad Davis (que fez outro filme, muito estranho, chamado Querelle). É impossível não ficar a todo o momento na ponta do sofá, aturdido com a prisão em que Billy, o personagem principal, está, pelo que ele passa e com quem ele convive. O Expresso da Meia-Noite é de sofrer, de irritar e de aturdir, de tão bom.

  • Prós: o filme manipula a tensão e a emoção como poucos, não dá pra desgrudar o olho da tela; Brad Davis entrega uma performance inesquecível; a trilha-sonora do Giorgio Moroder é uma das melhores da década de 70.
  • Contras: tem muita polêmica dizendo que o filme é manipulativo. Ele é, realmente. Mas que ele sabe manipular, é inegável.
  • Veredicto: incrivelmente bem escrito, dirigido e atuado, O Expresso da Meia-Noite é um filme brutal e excepcional. Merece ser visto, revisto, e visto mais uma vez.

O Expresso da Meia-Noite (Midnight Express, 1978). Estados Unidos, Reino Unido. Dirigido por Alan Parker; escrito por Oliver Stone; fotografado por Michael Seresin; editado por Gerry Hambling; trilha-sonora composta por Giorgio Moroder; com Brad Davis, Randy Quaid, John Hurt, Irene Miracle, Bo Hopkins.

Publicado por Arthur

Eu faço sites e vejo filmes.

Se junte à conversa

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.