Onde Vivem Os Monstros, o filme, é inspirado no livro de mesmo nome do Maurice Sendak. Até aí, tudo ok. Adaptações de livros são o que há de mais abundante no cinema americano contemporâneo. O que difere aqui é que Onde Vivem Os Monstros, o livro, possui apenas nove frases.

O risco de fazer um filme vazio é grande. Mas David Eggers, um dos grandes autores americanos contemporâneos, e Spike Jonze criaram uma pequena fábula que, assim como História Sem Fim, interpreta a infância com um misto de fantasia e melancolia.

Por isso Onde Vivem Os Monstros não é um filme para crianças, penso eu. É assustador em determinados momentos, e extremamente triste em outros. Os monstros são lindos, mas filmados aqui como criaturas sensíveis e ao mesmo tempo descontroladas. As enormes fantasias são belíssimas, e Jonze escolhe cenários igualmente selvagens para criar a terra dos monstros. Max, o ator e o personagem, é cativante. E a história, por mais que triste, é belíssima.

Onde Vivem Os Monstros é um belo e melancólico filme sobre a infância, mas não é infantil.

  • Prós: os monstros, que são feitos à moda antiga; Catherine Keener fica no máximo dez minutos em cena mas me apaixono de qualquer jeito; uma linda expansão de uma pequena história de dormir; a última fala do Touro; a cena em que Carol acompanha Max no barco.
  • Contras: é um filme que parece ser sem público. Está no limbo entre o filme infantil, o qual ele é muito sombrio e triste, e o filme adulto, que gosta de tratar de assuntos diferentes.
  • Veredicto: Onde Vivem Os Monstros é daqueles filmes que possuem um pequeno “ninho” de fãs, que o reverenciam. Eu sou um desses. O lindo filme é um verdadeiro must-see moderno.

Onde Vivem Os Monstros (Where The Wild Things Are, 2009). Estados Unidos. Dirigido por Spike Jonze; escrito por Spike Jonze, David Eggers, baseado no livro “Onde Vivem Os Monstros” de Maurice Sendak; fotografado por Lance Acord; trilha-sonora composta por Carter Burwell, músicas originais compostas e cantadas por Karen O. and the Kids; com Max Records, Catherine Keener, Mark Ruffalo; vozes de Lauren Ambrose, James Gandolfini, Catherine O’Hara, Forest Whitaker, Paul Dano, Chris Cooper.

Publicado por Arthur

Eu faço sites e vejo filmes.

Se junte à conversa

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.