Eu não vi nenhum filme do Beto Brant antes desse, mas se todo o mundo fala que Eu Receberia As Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios é tão bom quanto os outros, eu só posso imaginar que esse é um diretor soberbo.

É lindo ver o cinema nacional apostar em um filme contemplativo. Com Camila Pitanga, em uma atuação arrasadora, o filme é uma análise sobre a apropriação da musa; aqui por um pastor e por um fotógrafo. Mas como a musa reage a isso? Principalmente a musa de Pitanga? Eu Receberia é lindo, e envolvente, e poderoso. Eu não me orgulhava tanto do cinema brasileiro desde Abril Despedaçado.

  • Prós: talvez o filme só seja o que é por causa de Camila Pitanga. Ela é a voz, o corpo, e a beleza desse filme. Mas a fotografia, a história e o lindíssimo argumento também trabalham muito bem.
  • Contras: é um assinado filme de autor, ou seja: tende a ser chato.
  • Veredicto: poderoso, Eu Receberia é um dos filmes mais bem argumentados e trabalhados do Brasil nos últimos tempos. Um sopro artístico no meio de um circuito bem infrutífero.

Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios (2011). Dirigido por Beto Brant e Renato Ciasca; escrito por Beto Brant, Renato Ciasca e Marçal Aquino, baseado no livro “Eu Receberia As Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios” de Marçal Aquinofotografado por Lula Araújo; editado por Willem Dias; com Camila Pitanga, Gustavo Machado, Zé Carlos Machado.

Publicado por Arthur

Eu faço sites e vejo filmes.

Se junte à conversa

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.