Eu adoro filmes de coming of age, mas são poucos os que me agradam. E esse As Vantagens de Ser Invisível entrou nessa lista, porque ele soube exatamente o que é amadurecer na virada de século e, principalmente, o medo que há nos invisíveis.

Ver um filme desses é sentir que o autor do filme (no caso aqui o diretor, que foi o escritor do livro) está se expondo ao máximo. As Vantagens de Ser Invisível é sincero na medida certa, aposta em seus personagens e é carismático. E, claro, tem Emma Watson e Ezra Miller, o filme é deles.

  • Prós: uma boa história, bons personagens, boas atuações e uma boa trilha-sonora.
  • Contras: Ezra Miller rouba a cena em tudo o que aparece — e aí inclui as cenas com o personagem principal.
  • Veredicto: um excelente coming of age, que está pronto para virar cult. Agora só falta os fãs.

As Vantagens de Ser Invisível (The Perks of Being a Wallflower, 2012). Estados Unidos. Dirigido e escrito por Stephen Chbosky; fotografado por Andrew Dunn; editado por Mary Jo Markey; trilha-sonora inclui David Bowie, The Smiths, New Order, Sonic Youth.

Publicado por Arthur

Eu faço sites e vejo filmes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.