Tava passando na Universal Channel e eu não tinha planejado nenhum filme pra hoje mesmo. E é provavelmente a octagésima vez que eu assisto, porque é magicamente o filme que está passando no exato momento que não há um programa que preste nos outros canais.

O Diário de Bridget Jones tem Renée Zellweger como uma jornalista inglesa no mundo de hoje vivendo uma história de amor de Jane Austen. Mais precisamente, é a história de Orgulho & Preconceito (tanto que o personagem de Colin Firth tem o sobrenome Darcy). É muito engraçado e divertido, admito. E eu gostei pra caramba — é o bom e velho humor inglês, oras. Boca suja, auto depreciativo, mas ainda assim muito inteligente.

  • Prós: é uma comédia divertida, e não há nada que vá se opôr a isso; Renée Zellweger está demais.
  • Contras: que droga esse personagem de Colin Firth.
  • Veredicto: é engraçado do jeito mais britânico possível. Eu gosto, e muitos não gostam, mas vale a pena dar uma chance.

O Diário de Bridget Jones (Bridget Jones’ Diary, 2001). Irlanda, França, Reino Unido. Dirigido por Sharon Maguire; escrito por Helen Fielding, Andrew Davies, Richard Curtis; fotografado por Stuart Dryburgh; editado por Martin Walsh; com Renée Zellweger, Hugh Grant, Colin Firth.

Publicado por Arthur

Eu faço sites e vejo filmes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.