Eu nunca vi a versão original de Blade Runner: O Caçador de Andróides. E nem quero. A versão do diretor, que eu tenho, é tão incrível que o faz um de meus filmes favoritos.

Na história temos Deckard, um ex-detetive chamado para voltar à ativa quando alguns replicantes (andróides idênticos aos humanos, porém mais inteligentes e mais fortes) chega à Terra. Blade Runner é ficção científica em sua essência: usa criações imaginárias para discutir nossos defeitos e nossas próprias dúvidas. O que seriam os replicantes senão um grupo de pessoas buscando mais tempo de vida, um significado maior, uma verdade absoluta?

  • Prós: tudo. Ridley Scott criou uma linda fábula futurista em um filme que não envelhece.
  • Contras: nada. Ou talvez o excesso de elementos em tela, mas é uma escolha artística a ser considerada.
  • Veredicto: Blade Runner é um dos meus filmes favoritos e a cada revisão ele fica melhor. A busca dos replicantes pelo seu criador possui uma simbologia tão grande, e o filme funciona tão bem, que não consigo pensar em outro sci-fi que tenha me surpreendido tanto. Um noir em seu esplendor.

Blade Runner: O Caçador de Andróides (Blade Runner, 1982). Estados Unidos, Hong-Kong. Dirigido por Ridley Scott; escrito por Hampton Fancher, David Webb Peoples, Roland Kibbee; baseado no livro “Do Android Dream With Electric Sheep?” de Philip K. Dick; fotografado por Jordan Cronenweth; editado por Gillian L. Hutshing; trilha-sonora composta por Vangelis; com Harrison Ford, Rutger Hauer, Sean Young, Edward James Olmos.

Publicado por Arthur

Eu faço sites e vejo filmes.

Se junte à conversa

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.